Dicas gerais

Como será o futuro dos carros? Veja 4 tendências!

futuro dos carros

Na década de 60, a animação ” Os Jetsons” fez sucesso ao tentar prever, entre outras coisas, o futuro dos carros: segundo os criadores da série, nos anos 2000, os veículos seriam capazes de voar.

No início da década de 1990, o filme “De Volta para o Futuro II” seguiu pelo mesmo caminho, apresentando também outras tendências, como combustíveis alternativos. Pelo menos nesta segunda parte, os produtores acertaram.

Bem, os anos 2000 não só chegaram, como já passaram, e os carros não estão nos ares. E não há indícios nessa linha. Mas isso não quer dizer que não tenha havido evolução, muito pelo contrário!

A indústria automotiva, a cada dia, vem apresentando novas tendências para a sociedade e, cada vez mais, os carros e a forma como nos relacionamos com eles vão se modificando.

Veja, abaixo, 4 tendências que apontam para o que pode ser o futuro dos carros. Algumas delas ainda são sonhos distantes, mas já existem aquelas que estão disponíveis. Acompanhe!

1. Carros autônomos

Em um mundo tão moderno e conectado, no qual você não pode deixar de se informar nem por um segundo, dirigir pode ser considerado perda de tempo para algumas pessoas. Por isso, algumas empresas já estão testando carros autônomos. As mais avançadas são a Google e a Uber.

A ideia é que o carro se guie sozinho, apenas utilizando o sinal do GPS. Algumas cidades, como Londres e Nova York, já estão mais avançadas neste sentido, mas o veículo autônomo é considerado um caminho sem volta. Ou seja, querendo ou não, as grandes metrópoles precisam se preparar para receber carros que andam sozinhos.

2. Veículos compartilhados

Ser proprietário de um automóvel só seu está com os dias contados. Antigamente, ter um carro era um dos principais sonhos de consumo de quem começava a ganhar dinheiro.

Mas essa realidade vem mudando. Caros, grandes, pesados e maléficos ao meio ambiente, os automóveis têm sido preteridos por outras formas de transporte, voltadas ao atendimento de uma maior parcela da população.

Por isso, acredita-se que os carros, embora continuem existindo, precisarão servir a um número maior de pessoas. Alguns países já dispõem do serviço de aluguel facilitado. O veículo fica estacionado na rua, você o aciona com seu cartão de crédito e paga pelo uso. Essa tendência deve se espalhar em pouco tempo.

3. Motores elétricos

Não é segredo para ninguém que os combustíveis fósseis estão em crise. Além de caros, eles agridem o meio ambiente tanto na sua extração quanto na forma como são devolvidos à atmosfera, transformados em gases tóxicos.

Portanto, muitas montadoras já estão investindo em motores elétricos, mesmo que sejam apenas auxiliares. De fato, já existem nas ruas muitos modelos híbridos, com potência e conforto de sobra para que você não sinta saudade nem da gasolina e nem do etanol.

4. Conectividade

A Internet das Coisas já é uma realidade e no caso dos carros não é diferente. Muitos modelos já possuem recursos de conectividade, que possibilitam espelhar as funções de seu smartphone, por exemplo.

No futuro, os carros serão capazes de ler as condições do tempo e do trânsito, além de poderem sofrer manutenção à distância e muitos outros recursos que a conectividade proporciona.

E aí, preparado para o futuro dos carros? A indústria automotiva já está no caminho! Se você gostou deste texto, aproveite para compartilhá-lo com seus amigos, nas suas redes sociais!

Você pode gostar
avaliar o seu carro
Mecânica automotiva para leigos: 5 dicas para saber avaliar o carro
Novo modelo de placa de carro padrão MErcosul.
Novo modelo de placa padrão Mercosul começa a ser utilizado no Rio de Janeiro

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This