Venda

Onde anunciar meu carro? Conheça as melhores opções de venda

Sempre chega aquele momento que, por um motivo ou por outro, o seu carro tem que ser passado para frente. Vender um carro não é como vender uma mercadoria qualquer.

Existem muitas questões a serem levadas em consideração na hora de vender um automóvel, como o preço da tabela FIP, o tempo de uso, o estado do veículo e a procura pelo modelo. Além de pesquisar sobre as características do veículo e o comportamento do mercado, o vendedor precisa decidir onde anunciar seu carro para que o benefício da venda seja o melhor possível.

Cada tipo de venda tem seu custo e seu benefício, e por isso o vendedor precisa estar bem informado para saber qual é a melhor forma de anúncio para ele. Vendas intermediadas oferecem mais facilidade e tranquilidade, porém não possuem um retorno tão bom quanto a negociação direta com o comprador.

Existem também opções de financiamento em longo prazo, vendas comissionadas, programas de compra conjunta e outras possibilidades que você precisa conhecer.

Veja a seguir qual é o tipo de anúncio que melhor se encaixa para você conseguir logo vender o seu carro!

Anúncios gratuitos: custo zero

Existem muitas mídias gratuitas que podem ser usadas para anunciar seu carro sem muito esforço. Se você considerar a venda pela internet, existem milhares de canais possíveis de serem usados para colocar um anúncio, cada um com suas condições específicas.

Sempre é bom considerar opções como feirões, quadros de avisos, jornais e aquele famoso anúncio fixado na janela do carro a ser vendido.

Todas essas formas de anúncio têm a vantagem da simplicidade e o custo zero, porém podem dar certa dor de cabeça para o vendedor. Além da demora maior para que seja encontrado o cliente certo, o anunciante terá toda a preocupação em relação à idoneidade do comprador e aos procedimentos burocráticos.

Ter certeza de que o comprador não é um golpista ou assaltante dá quase tanto trabalho quanto correr atrás de toda a documentação relativa à transferência do carro para o nome do seu comprador, então é bom estar preparado.

O risco envolvido em lidar com toda a transação sozinho também não é muito animador. Como esse tipo de venda não é considerada como relação de consumo, não há muito que fazer no caso de calote, a não ser recorrer à justiça.

Para o comprador, a negociação direta com o dono também tem a desvantagem de não poder contar com a garantia, no caso do período da garantia de fábrica já ter vencido.

Concessionárias: parceria de confiança

A primeira grande vantagem em vender em uma concessionária é a redução do trabalho e da dor de cabeça. Confiar em uma concessionária dá muito mais segurança em vender e receber o seu dinheiro.

Em geral, a data de entrega é combinada sem grandes confusões e a transação é mais rápida. É uma excelente opção para quem quer a tranquilidade de sentar no sofá e esperar que o dinheiro da venda caia na conta.

Quando a responsabilidade da venda é atribuída ao vendedor da concessionária, quaisquer irregularidades em relação às datas resultarão em multas direcionadas apenas para a concessionária.

Além disso, existe no contrato com a concessionária a oferta de garantia de 3 anos para o automóvel, o que é uma vantagem enorme em relação a uma venda particular, negociada pessoalmente.

Todas essas vantagens fazem a venda na concessionária ser muito atraente, mas existem também as desvantagens a se considerar.

Em primeiro lugar, a venda por concessionárias inclui a desvalorização de, em média, 20% do valor do automóvel em relação ao preço de mercado.

Além disso, é preciso negociar o contrato com a concessionária e com o comprador, pois nem todas as revendas compram carros usados se não houver a troca por um carro novo.

Consignação: facilitação por meio de revendedoras

A compra facilitada pela consignação conta com o esforço de propaganda pela revendedora, que anuncia para vender seu estoque de usados.

A revendedora precisa do veículo à disposição para a venda a todo o momento, e para isso, facilita a vida do dono com alguns incentivos, como pequenos consertos, funilaria e avaliação geral do carro.

Além disso, a revendedora mantém os carros expostos no salão sem taxa para o dono, a menos que seja necessário algum serviço adicional para a exposição, como limpeza ou polimento.

Como o lucro da venda é de interesse da revendedora também, eles não medirão esforços para que a sua venda seja feita da melhor maneira possível. Por isso, eles ajudam a manter o preço num valor realista e com bons lucros, além de oferecerem a possibilidade de renovar o período do contrato com a revenda.

Caso seja o desejo do dono, o carro pode ser retirado da loja a qualquer momento, sem cobrança de taxa ou multa, o que torna esse tipo de contrato bem atrativo.

Marketplace digital: comodidade e segurança

Existem ainda aquelas empresas que fazem de tudo para que sua venda seja feita da melhor maneira possível.

São feitos anúncios em diversos canais de comunicação, com montagem de anúncios e negociações sendo realizadas em inúmeros sites de venda sem custos adicionais.

Toda a documentação do veículo e burocracias envolvidas na formalização da venda é de responsabilidade da revendedora, e tudo isso pode ser feito no conforto da sua casa!

Ao contratar um marketplace digital, você não precisa se deslocar até o seu revendedor para negociar ou para expor seu carro para a venda.

A empresa vai até você para verificar defeitos, elaborar todo o material de divulgação e orientá-lo sobre estratégias de venda e preços de mercado. E todas as informações a respeito do andamento das vendas podem ser consultadas no seu celular. Simples, rápido e fácil.

Não é preciso muito esforço e nem preocupação para saber onde anunciar seu carro se você pode contar com uma consultoria especializada na área. Principalmente quando se trata de um marketplace digital, que não tem custos com showroom ou estoque, e por isso cobra taxas de serviço a um preço muito abaixo de concessionárias tradicionais.

Gostou do texto? Já sabe qual é a melhor forma de anúncio para o seu carro? Entre em contato conosco para saber como fazer um bom negócio no mercado de carros usados!

Você pode gostar
Temos 4 dicas de como fotografar seu carro para anúncio: confira!
Vai vender o carro? Veja 5 dicas para negociar o valor do veículo

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This